Na força do ódio. 

Reviver memórias dolorosas do passado pode ter pontos negativos e positivos.
Negativos quando você reexperimenta toda a dor e as tristezas do passado.
Positivos, por outro lado, quando você consegue transformar a merda em goiabada e aprender com tudo que você viveu.
Têm experiências que são apenas negativas? Experiências que não carregam lição alguma. Que são apenas catástrofes sem sentido que não deveriam ter acontecido? Eu acredito que sim. Tem coisas que são apenas uma merda mesmo que você não quer que aconteçam nunca mais na sua vida. Mas eu aprendi a olhar até essas experiências de outra forma. Elas deixam a gente com ódio. E não. Eu não acredito que o ódio seja um sentimento exclusivamente negativo.
O ódio faz com que a gente lute pela sobrevivência como nunca antes, fazem a gente querer vencer na vida para esfregar na cara de todo mundo que nos sacaneou que a gente é capaz. Que somos capazes de superar as nossas limitações. Que somos capazes de quebrar estas correntes que nos prendem à autodepreciação, à melancolia.
Quando esse ódio não nos joga para frente, contudo, ele nos destrói. Isso é verdade. A mais pura verdade. Nós temos as armas para acabar com a nossa própria vida. E eu não falo apenas de suicídio (não que seja pouca coisa), mas de uma perspectiva mais ampla, me refiro a comportamentos autodestrutivos e também das más escolhas.
Contra esse ódio que nos corrói nós temos que lutar.
Você não tem que ser feliz e sorridente o tempo inteiro. Também não vou ser super cult e sombria e dizer que a felicidade não existe. Existe sim e é muito boa. Vale a pena perseguir a felicidade. Mas ser feliz o tempo inteiro é doença, polianismo. No entanto, afundar na raiva e na tristeza, quando elas te levam ao aniquilamento não é opção. Suas emoções negativas podem te ajudar a revolucionar a sua vida da maneira que vai te fazer bem. Então, aproveite isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s