Uma alma atrás da outra.

Uma estrela com coração partido
Passeando pelo céu
Desnorteada
Com olhos suplicantes em seu encalço
Estamos reduzidos e esses choros estranhos
Causados por coisas que não nos emocionam
E aquilo que verdadeiramente comove
Nem cócegas faz na nossa alma
Ainda assim há um brilho nos olhos de todos aqueles que olham para a televisão ligada
Que inflama amargas palavras de orações bolsonarianas
Atos de um amor fraco e uma crença forte na desesperança

Uma estrela com o coração partido não tem olhos para se guiar
Ela vaga no céu desnorteada
Mas arrasta todos que cruzaram suas almas com a dos outros
Que suplicamo pedidos bobos com os quais ninguém se importa
E não é a primeira vez que isso acontece. Eu sei que não vai ser a última, embora estejamos todos dispostos a morrer lutando para que seja.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s