Larissa.

Eu nunca esqueci de você. Eu lembro de tudo que você sofreu. Desculpe por não ter conseguido te fazer se sentir melhor….
Na nossa época não tinha ainda essa história de bullying, então a gente não sabia que isso era errado. A gente achava que quem era feio, chato e burro tinha que ser zoado mesmo. Mesmo quando éramos nós os burros, chatos e feitos.
Hoje em dia eu até consigo olhar para trás e ver que éramos todas crianças sofridas, por um motivo ou por outro. Na época eu não conseguia enchegar muito bem o sofrimento alheio. Principalmente o sofrimento de quem disfarçava a dor que sentia. Eu achava que todo mundo era feliz e só eu que era triste. E eu achava que se eu ficasse ao seu lado eu seria ainda mais infeliz porque você era muito triste e não escondia isso.
Hoje eu sei: você era sensível e sincera. Eu fui medrosa e insegura.
Nem o Facebook conseguiu trazer você de volta para a minha vida, mas eu espero que você consiga olhar para trás e ver a adolescente que eu fui com alguma condescendência e saber que eu amava você. Eu fiz tudo que eu pude na época para te apoiar e ficar ao seu lado. Me perdoe se fui babaca em algum momento.
Ah! Obrigada por ter me apresentado os Ramones. Ouço até hoje e me lembro de você sempre. E obrigada por ter sido minha amiga. Eu nunca vou me esquecer de você. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s