O que é e como fazer Blackout Poetry. 

Tenho feito experimentos com Blackout Poetry. Esta técnica e outras, como a Caviardage, parecem ter tido origem na ação de censurar um texto, apagando certas passagens do mesmo com um grifo preto.

Atualmente existem inúmeras formas de se fazer Blackout Poetry. Mas o essencial é que você deve pegar uma matéria de jornal ou uma página de um livro (ou qualquer outro texto que desejar) e olhar para ela, sem necessariamente ler com muita atenção, envolvendo as palavras ou passagens que chamarem sua atenção. Depois, você pode cobrir o resto do texto da forma que quiser! (Veja um exemplo no final do post).

A técnica ainda mostra como são equivocadas idéias muito arraigadas e tradicionais, como as de autoria e de originalidade.
Normalmente pensamos no autor como aquele que se fecha em uma cabana no meio do mato e cria algo inédito a partir da folha em branco. Ele sai de seu refúgio com sua grande obra em mãos. Mas o autor nunca está só e a folha nunca está verdadeiramente em branco, sempre há algo por detrás do que escrevemos, outros lugares, outras sensibilidades que tiveram acesso às mesmas coisas. E o que nós condensamos e colocamos no papel não é nada além da nossa forma de acesso a um conteúdo que é essencialmente compartilhado. Nada é verdadeiramente nosso. Como poderia ser? “Escrita é citação em cima de citação”.
A Espanhola 

Insolente

Mundana

Tingia os cabelos

Doidivana

Rara

Levantava o vestido

À vista 

Em pleno amor

3 comentários em “O que é e como fazer Blackout Poetry. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s