Será, amigo, que eu sai de casa para me exibir?

Ontem eu fiquei muito satisfeita por ter respondido um cara que mexeu comigo na rua. Desde aquele episódio no metro (link do texto), eu tenho procurado não levar esse tipo de desaforo pra casa.
Estava eu andando para a universidade, o prédio da UFRJ ali no Largo de São Francisco no Centro da cidade do Rio de Janeiro, quando um daqueles bueiros que joga vento para cima levantou meu vestido. Eu segurei a tempo de não ficar semi nua no meio da rua, mas isso não impediu o babaca de falar:
– Querendo se exibir, amor…
E eu respondi na lata e bem alto:
– Só para você! Sai de casa para isso hoje!
Ah! Me poupe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s