Muita saudade. 

Eu chorei horrores depois de escrever o texto de ontem. Essa dor de perder alguém que a gente ama é intensa demais. Já fazem quase quinze anos que o meu pai faleceu e eu estou aqui chorando como um bebê.
Eu não quero perder ninguém mais. Ninguém.
Me lembro do filme Lovely Bones. É um filme pavoroso sobre uma menina que realiza um ato heróico de bondade e é assassinada pouco tempo depois. Desmorona a idéia de que quem faz o bem recebe o bem nessa vida. Faço uma analogia com a idéia de que quem já perdeu uma pessoa especial, não deveria ter que passar por isso nunca mais. Mas não é bem assim que as coisas funcionam, não é? Disso eu tenho medo. Pode ser que a vida ainda queira me tirar mais gente. Não, eu digo. Eu não quero que isso aconteça jamais. Que eu morra antes. Mas eu não tenho realmente essa escolha, tenho?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s