Que dia, meu deus, que dia!

Hoje o meu dia começou terrivelmente! Eu saí de manhã para trabalhar com muita antecedência! Eu ia chegar mais ou menos vinte minutos ou meia hora mais cedo. Como eu ia trabalhar hoje dando aula, essa antecedência é perfeita porque eu ligo o computador para passar os slides com calma, tomo um café, respiro profundamente uma ou duas vezes e começo.
Bom, o lugar onde moro fica a uma distância mais ou menos equivalente entre os metrôs da Afonso Pena, Cidade Nova e Estácio. Para Cidade Nova eu geralmente pego um ônibus e desço no ponto seguinte, para a Afonso Pena eu geralmente pego um táxi e dá uns oito reais, para a Estácio o caminho de carro ou ônibus é escroto, então só da para ir a pé mesmo. Como eu vou trabalhar muitas vezes de salto (e hoje era esse o caso), era optar entre as duas primeiras. Bom, vou para a Cidade Nova, pensei, economizar uns trocados. Lá fui eu. Para chegar nesse metrô, tem que subir umas escadas, mas beleza, com peso e salto lá fui eu. São as escadas de uma passarela que passa por cima das pistas da Presidente Vargas no Centro da cidade do Rio que eu tenho que atravessar de um lado a outro para chegar na entrada do metrô. Quando eu chego lá finalmente dou de cara com o metrô FECHADO. Sabe quando passa aquele filme na sua cabeça com uma música melancólica de fundo e você fica ali contemplando a cagada que acabou de fazer? Eu SABIA que a estação fechava nos finais de semana, mas eu havia me esquecido. Fiquei muito, muito, muito enfezada. Voltei já pensando em qual seria a estratégia. Só que me distrai pensando e acabei descendo da passarela na pista errada! Tive que subir as escadas novamente, peso, salto, sol, suor. O terror. Chegando na pista certa, bom pensei em pegar o ônibus e descer na próxima estação de metrô que cruzasse meu caminho (de ônibus direto eu jamais chegaria a tempo). Demorou, mas peguei o ônibus. Desci na primeira estação de metrô que passou. Eu só não me dei conta de que era uma das estações de metrô mais lotadas da face da terra: Central do Brasil. Passaram dois metrôs e eu não consegui entrar. É muuuuita gente. Nessa hora eu ainda comecei a ficar politicamente indignada. O metrô passava de seis em seis minutos! Um intervalo muito grande! E as pessoas, ao invés de xingar as companhias de transporte, o prefeito, governador, presidente, xingam umas às outras e se empurram para fora do metrô com raiva para poder ter a vantagem de não ficar tão tremendamente esmagado por dez ou vinte minutos. E quem tá fora quase soca a pessoa que está dentro para ela abrir espaço. E aí quem sofre é só quem já está ali se fudendo. Enfim… Cheguei para dar aula e, no meio da aula, o computador pifou! Alunos sem slide fica igual a cego em tiroteio. Bom, eu sabia a matéria de cabeça e segui com a aula até a monitora resolver o problema. Passou meia hora mais ou menos. Aí retomei a aula, pulando uns quinze slides que já haviam sido comentados. No final da aula, eu pedi o feedback da turma, e uma garota falou que eu havia pulado uma matéria. Esta matéria havia sido dada sem o apoio dos slides. O resto da turma confirmou que a matéria havia sido dada e a matéria ainda estava no quadro (eu usei o quadro para ir anotando os temas enquanto não tinha o slide como apoio, sinceramente, até prefiro o quadro)! Então, estava tudo lá, matéria no quadro e a turma confirmando que a matéria havia sido dada. Eu fui falar com a menina no final para perguntar se ela queria que eu explicasse só para ela e ela disse que não. Que depois pegava com alguém mas fez questão de completar: “Para mim, você não deu isso”. Argh! O pior é que eu fico me sentindo culpada por ela ter se perdido no conteúdo. Finalmente sai de lá, viva ainda, com a autoestima um pouco abalada, mas inteira.
O que me animou? Eu tinha duas festas de aniversário para ir hoje! Uhu! No almoço eu comi uma comida deliciosa e agora a noite eu já estou na segunda taça de vinho!
Carpe diem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s