Saudades. 

Se fosse hoje meu primeiro dia a falhar no Blog eu não ligaria.
Seria, inclusive, perfeitamente compreensível.
Mas uma noite dessas. Atormentada, com você longe.
Quantas dessas mais virão?
Todas as noites que teremos nessa vida já serão poucas. Me desculpe pela melancolia, mas você sabe que eu penso assim.
Você sabe que eu queria que nós fôssemos grudados. Blá-blá-blá, não me vem reclamar de falta de autonomia e dependência. Eu sei que na hora de dizer: “Tchau. Eu te amo. A gente logo se vê de novo”, o seu coração aperta tanto quanto o meu.
Eu fico aqui vegetando…
O problema é que seja um evento grande o suficiente para ter que se despedir, sabe? Não gosto de me despedir de você.
Alguma coisa é sempre muito esquisita para mim quando a gente se despede.
Quando a gente está perto tudo se encaixa. Se a gente está bem ou se a gente está brigando, não importa; eu sempre sinto que está tudo bem e que a minha vida está seguindo no caminho certo: compartilhar experiências com você.
Você sabe que eu comecei a sentir saudades dois dias antes de você ir. Então, se diverte, mas volta logo. Eu estou esperando você.

2 comentários em “Saudades. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s